O futebol é esporte que une etnias, religiões e diferenças econômicas. Então por que é tão desigual para as mulheres? O interesse feminino para o futebol aumentou muito nos últimos anos. É possível ver o crescimento nos estádios e a presença nas redes sociais, nos quais elas estão mais ativas sobre a seleção ou, principalmente, o clube de coração. Já está na hora delas criarem voz no mundo da bola.
De acordo com dados da Globo.com, as mulheres já representam 17% dos sócios torcedores. No Corinthians a porcentagem é maior, 20% dos sócios. Mas não é apenas nas arquibancadas que cresce a paixão feminina pelo esporte. A dificuldade delas em saber o que é um impedimento já era: hoje é possível presenciar arbitras e bandeirinhas mostrando todo respeito e conhecimento pelo futebol.

Um dos fatores que fizeram aumentar a representatividade foi a voz feminina nos meios de comunicação. O aumento de repórteres e comentaristas no jornalismo esportivo nunca foi tão grande. Muitas mulheres lideram bancadas e comentam sobre o futebol.

Renata Fan em entrevista com jogador Andrés D’Alessandro

Talento feminino

O Brasil é referência no futebol feminino. A brasileira Marta, considerada a melhor jogadora de todos os tempos, conta com cinco bolas de ouro da FIFA no seu currículo.
De toda forma, o ouro ainda é um desejo da seleção feminina. A seleção brasileira já teve oportunidades de levar o ouro olímpico, mas talvez pela falta de incentivo, nossas guerreiras são sempre paradas nas fases finais da principal competição do esporte.

© Getty Images

Agregando valor ao futebol

Além da grande representatividade econômica para os clubes, as mulheres que gostam de futebol dão harmonia ao esporte, com sua beleza e alegria de amarem o futebol e seu time de coração. Um grande exemplo para algumas torcidas que confundem o esporte com vandalismo.

Foto: Romildo de Jesus A pequena torcedora vibrou com o gol do Bahia

Moda feminina no futebol

O crescimento do interesse pelo futebol trouxe às marcas esportivas um novo mercado com os uniformes de futebol feminino e a linha casual para as torcedoras. Entendendo o perfil da mulher, patrocinadores aumentaram a linha de roupas esportivas e camisas femininas de futebol, sabendo que isto vai além da presença da mulher nos estádios, usando a paixão também como moda casual. A visão das mulheres no futebol é muito importante para as marcas, sendo que o público é mais receptivo a influenciadores como também engajado nas redes sociais.

Campanha Flamengo Originals com IsabellaSantoni

 

 

No dia 08 de março é comemorado o dia internacional da mulher, mas é necessário lembrar que o respeito e igualdade de gêneros devem acontecer todos os dias. Seja em casa, nas ruas ou dentro dos estádios, respeitem “as minas”. E sim, o futebol é coisa de mulher. Não só o futebol, como qualquer esporte ou direito na sociedade.

Confira toda linha de produtos femininos na loja das fanáticas por futebol, a FutFanatics.

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a receber ofertas imperdíveis!

Preferências Selecione ao menos uma alternativa em cada coluna abaixo

Deixe seu comentário!