Faltando apenas 10 dias, a expectativa para a Copa do mundo está a milhão. Para os fanáticos por futebol, o evento é um prato cheio: com os maiores craques do planeta, jogos marcantes, clima de festa nos jogos da seleção e o maior acervo para os fãs de camisas de futebol. E para dar aquela empolgada, vamos viajar na história e mostrar os uniformes mais diferentões de todas as Copas.
É ousadia pura! Confira alguns dos modelos mais marcantes:

Uniforme do mexicano Jorge Campos na Copa de 94

Com certeza o uniforme do goleiro mexicano Jorge Campos é um dos mais diferentes de todas as Copas do Mundo. Na edição de 94, o goleiro usou um uniforme cheio de cores com diversas formas triangulares, além da forma do material totalmente desproporcional ao seu tamanho. O patrocinador na época era a Umbro, responsável por chamar a atenção e marcar esse ícone multicolorido na história do evento.

Jorge Campos disputou três copas, sendo a de 1994 e 1998 como titular. Ganhou com a seleção duas Copas Ouro e uma Copa das confederações. Resumindo: o goleiro tinha “ousadura” e talento em campo.

Uniforme mexicano de 1998

Na Copa do Mundo de 98, a seleção mexicana veio mais uma vez para causar em seus uniformes. O modelo daquela edição é uma homenagem à representatividade histórica do país. A então a patrocinadora ABA Desporto estampou o símbolo Asteca Piedra del Sol.

Naquele ano o México chegou às oitavas de final. Mas no assunto é ousadia, a seleção levou o titulo com certeza.

Camisa regata de Camarões na Copa de 2002

Nenhuma outra seleção tinha usado regatas no futebol. A seleção Camaronesa usou o modelo em toda Copa das Nações Africanas. Porém, na Copa na Coréia e Japão, a FIFA negou o uso da camisa sem manga. E como forma de protesto, os camaroneses usaram a mesma camisa, porém, com uma manga preta, como se fosse uma espécie de rede. A patrocinadora responsável pela ousadia foi a Puma.

Bolívia na Copa de 1930

Com toda a sua simpatia, os bolivianos resolveram agradar os donos da casa, fazendo um uniforme com onze letras: ‘Viva Uruguay’. Cada letra estava bordada na parte frontal da camisa.  Nesta partida a seleção da Bolívia perdeu o jogo por 4 a 0 para Iugoslávia, mas ganhou de 10 a 0 em simpatia.

O uniforme de Johan Cruyff na Copa de 74

Se não fosse a ousadia do craque Johan Cruyff, com certeza a camisa não estaria nessa lista. A camisa da Laranja Mecânica é considerada uma das mais bonitas da história. Na época, o holandês era patrocinado pela Puma, e seleção holandesa, pela Adidas. Como todos sabem, as três listras no ombro são marcas registrada da patrocinadora e por isso estavam presentes no uniforme holandês. Como estratégia de marketing, Cruyff se recusou a usar o uniforme com três listras e foi o único que jogou a Copa com apenas duas listras, desconfigurando o uniforme. Ser craque tem seus privilégios.

Compre a camisa da Holanda de 74 aqui na Fut!

Uniforme do Zaire na Copa de 1974

Cruyff não foi o único que ousou naquela Copa. O Zaire (atualmente República do Congo) estreou na Copa em 1974. O seu uniforme tornou-se um clássico. A camisa verde com detalhes em amarelo contava apenas com um leopardo na parte frontal. Embora não exista uma ligação direta, a ideia se assemelha muito ao uniforme do Pumas, tradicional clube mexicano.

O uniforme improvisado da França em 1978

No jogo entre França e Hungria, a França teve que usar um uniforme verde e branco. Isso ocorreu porque os franceses estavam apenas com a camisa reserva, no qual era da mesma cor do adversário. Como forma de improviso, a seleção pegou emprestado as roupas de um time argentino, o Club Atlético Kimberley.

O segundo uniforme do EUA na Copa de 94

Na Copa de 94, a Adidas dominou o evento e fez uniformes de todas as maneiras possíveis para as suas seleções. Uma das camisas mais ‘ousadas’ foi camisa dois da seleção americana, que representava a bandeira do país. Uma forma de homenagear a seleção do país sede.

A Copa do Mundo é o evento que foi capaz de marcar essas raridades na história do esporte. Vale revisitar a história para encontrar todas as excentricidades encontradas na história do evento. Nem sempre as camisas de futebol são marcadas como obras de arte, mas isso sempre vai depender do ponto de vista do colecionador.

Eaí, faltou algum uniforme nessa lista? Deixe sua opinião nos comentários.
Veja também: os marcantes uniformes da Copa de 94.

 

ENTRE NO CLIMA DA COPA COM A FUTFANATICS!

Deixe seu comentário!