O vôlei é um dos esportes mais praticados por brasileiros, talvez ficando atrás apenas do nosso futebol. As seleções masculina e feminina são motivos de orgulho por conta de suas conquistas nas últimas décadas. Com isto, mais pessoas se interessaram pelo esporte.

Para quem quer dar seu primeiro passo, veja aqui como jogar vôlei no Blog da Fut!

Surgimento do Esporte

Voleibol brasileiro nos anos 60

 

O voleibol veio para o Brasil no começo do século passado, por volta de 1915. Surgiu oficialmente nos Estados Unidos em 9 de fevereiro de 1895, pelo diretor de educação física da ACM (Associação Cristã de Moços de Massachusetts), William George Morgan.

A ideia de Morgan era criar um esporte que não havia grande contato físico, evitando assim lesões por parte dos atletas, principalmente pelo público mais velho. A partir do século XX o esporte começou a ser espalhado pelo mundo.

O marco mais importante no esporte foi no ano de 1964, quando o vôlei começou a fazer parte da programação oficial das olimpíadas, realizada no Japão.

Regras e objetivo do vôlei

Para jogar é preciso de 12 jogadores, uma rede, uma bola e uma quadra. O objetivo é levar a bola para o lado adversário, passando pela rede e tocando no chão da outra equipe. Cada vez que isto acontece é marcado um ponto para a equipe que atingiu o objetivo.

Uma partida é divida por Sets, num esquema de melhor de três. Quem vencer 3 Sets primeiro vence a partida. Para um Set ser vencido, é preciso que uma das equipes some 25 pontos, mas é necessário que a equipe alcance 2 pontos de diferença da outra equipe. Caso contrário, segue o jogo.

Após o saque (bola lançada para o lado do adversário), a equipe poderá dar apenas três toques na bola, sendo proibido que um mesmo jogador toque duas vezes seguidas nela. Os jogadores não podem atacar e nem bloquear a bola quando ela está no lado adversário.

A bola é considerada fora quando ela toca além do espaço demarcado ou nas antenas da rede. Caso a bola seja tocada pelo adversário antes de sair para fora, é marcado um ponto para a equipe que realizou o saque.

Um simples raspão de quem bloqueia já pode contabilizar um ponto para o adversário se a bola for para fora. Vale lembrar que jamais o jogador pode tocar a rede.

 

Definições de jogadas e movimentos da bola

Condução: infração cometida pelo jogador quando conduz a bola em vez de tocá-la;
Dois toques: infração cometida ao tocar duas vezes a bola;
Invasão: infração cometida com o corpo além da rede do adversário;
Levantamento: passe que antecede o ataque;
Match point: ponto que pode definir o jogo;
Tie break: é o set de desempate, disputado quando cada uma das equipes vence dois sets;
Set point: ponto que pode fechar o set;
Cravar: bater com força a bola no chão da quadra do adversário;
Deixadinha: um leve toque na bola, buscando espaço vazio na defesa do adversário;
Saque: uma bola lançada na quadra adversária, no início da disputa por pontos;
Bola de segunda: ataque no segundo toque, surpreendendo o adversário;
Rally: sequência de jogadas começando no saque e terminando quando a bola estiver fora de jogo;
Manchete: tocar a bola com os braços esticados e mãos unidas;
Toque: tocar a bola com os dedos e as mãos acima da cabeça.
Cortada: uma forte batida na bola com uma das mãos;
Bloqueio: uma jogada em que um ou mais jogadores interrompem a trajetória da bola, próxima à rede, após a cortada de um adversário;
Recepção: é um início de defesa, sendo o movimento executado após o saque do adversário;
Defesa: movimento executado após o ataque adversário, quando a bola passa pelo bloqueio;
Rodízio: movimentação no sentido horário dentro da quadra, mudando a posição dos jogadores;
(dados coletados pelo site https://portalsuaescola.com.br/regras-do-volei/)

 

Posições no vôlei

Existem diversos posicionamentos táticos dentro de uma partida, mas para você que está começando no esporte, o posicionamento básico é:

Posição nº 1: defesa direita, chamada de posição de saque.

A posição nº 2: saída de rede.

A posição nº 3:  meio de rede.

A posição nº 4: entrada de rede.

A posição nº 5: defesa esquerda.

A posição nº 6: defesa central.

O posicionamento é rotativo, a cada ponto os jogadores mudam de posição. As posições 4, 3 e 2 são jogadores de ataque, ou seja, eles podem atacar e bloquear a rede, sempre dentro da zona de ataque.

Jogadores 1, 6 e 5 são peças de defesa. Eles não podem bloquear e só podem atacar na zona de defesa.

O jogador 1 joga sempre atrás do jogador 2 e ao lado da posição 6. Já o 2 joga na frente do 1 e ao lado da posição 3. O jogador 3 precisa estar entre 4 e 2 e à frente da posição 6. O jogador 4 joga à esquerda do 3 e à frente da posição 5. O 5º jogador deverá estar atrás do jogador 4 e o jogador 6 fica posicionado entre o 5 e 1, jogando atrás da posição 3.

 

Para ficar mais fácil, veja abaixo o desenho de cada posição em quadra.

Bom, esse é o básico que podemos considerar dentro de uma partida de vôlei. Com alguns jogos, você irá entender outros sistemas de posicionamento dentro de quadra.

O tal do líbero

Líbero Serginho chora ao mostrar medalha de ouro conquistada com a seleção masculina de vôlei do Brasil
21/08/2016 REUTERS/Yves Herman

A evolução do esporte fez que existisse uma outra peça dentro de quadra, o famoso líbero. Ele é responsável pelo sistema defensivo e não pode atacar, apenas faz o rodízio na zona de defesa e não há limites de substituições para ele.

O sistema tático 6×0 usa muito o líbero, quando o levantador se torna este jogador e distribui as jogadas.

 

Bola de vôlei

A bola de vôlei precisa ter as características corretas para uma partida. Desta forma, não haverá alterações no momento do saque, pois tanto para a defesa, quanto para o ataque, os movimentos com a bola são precisamente calculados.

Uma bola tem cerca de 65 e 67 cm de diâmetro e pesa entre 260 e 280 gramas. O material é de couro sintético, conforme as determinações da FIBV.

Artigos de proteção

Assim como outros esportes, é necessário que o atleta esteja devidamente equipado para evitar lesões e mini contusões.

Então, na hora de jogar uma partida de voleibol, invista em joelheiras, meias e Polaina de Compressão, evitando vibrações musculares.

Confira a nossa linha de acessórios de vôlei.

Tênis para jogar vôlei


Na hora de escolher o seu tênis de voleibol, priorize o sistema de impacto, principalmente na parte frontal, devido aos saltos dados durante uma partida.

Para a estabilidade de quadra, use calçados com ranhuras de borracha no solado, elas são ótimas para manter a firmeza no solo.

Veja os principais modelos de calçados na FutFanatics

 

Enfim, mostramos de uma forma geral como jogar vôlei. Claro que existem diversas maneiras e táticas que podem ser aprimoradas, mas com essa leitura você já está apto e pode dar o seu saque inicial.

Veja também: Como jogar futsal? Conheça mais sobre o futebol de salão

 

Confira a nossa linha de produtos de vôlei

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a receber ofertas imperdíveis!

Preferências Selecione ao menos uma alternativa em cada coluna abaixo

Deixe seu comentário!